Transferência

O processo de transferência externa na UFSCar é anual. A unidade responsável por todo o processo é a Divisão de Gestão e Registro Acadêmico da UFSCar (DIGRA).

O processo seletivo consta da inserção de três dados do candidato que alimentam um programa no computador que estabelece a classificação final. Os três itens são:

  • atribuição de nota à Universidade de origem do candidato, variando de 0 a 5: para atribuir esta nota são consideradas a equivalência das grades curriculares, notas obtidas através do ENADE e avaliação das condições de oferta, pelo MEC;
  • número de semestres cursados: o sistema pontua melhor os candidatos que estão no início do curso;
  • notas obtidas nas disciplinas cursadas.

 

NÃO É REALIZADO QUALQUER CONTATO COM O CANDIDATO, COMO ENTREVISTAS OU APLICAÇÃO DE PROVAS.

Lembramos ainda que: (1) o processo de transferência só se efetiva quando há vaga no curso; (2) o Curso de Psicologia é carreira única, ou seja, só pode pedir transferência quem estiver cursando Psicologia em outra instituição; (3)a transferência ocorre para o curso e não para um ano específico; (4) é possível conseguir equivalência entre disciplinas já cursadas e as oferecidas pela UFSCar, apesar das características específicas do nosso curso.

- O Curso de Psicologia da UFSCar não tem oferecido vaga remanescente para portadores de diploma de 3º grau.